CERCAS



A trajetória não me leva a lugar nenhum.A paisagem morre sem o meu pensamento, sem as palavras que não ouso falar. Não espero mais nada além dessas cercas separando os pássaros do céu.Não sinto a emoção necessária para criar as asas que perdi em algum corpo.O vento absorto deve varrer o agora. Creio que fui embora de mim.


Karla Bardanza

0 comentários:

Postar um comentário

Pode falar agora!