DE UMA SÓ VEZ



Gosto dessas pessoas geniosas.Elas encantam a minha poesia, são o meu melhor alimento. Inspiram-me tanto por um momento. Depois voam na triste ventania que descabela a poesia feita sem força. Tantas armas escondem-se em palavras feitas de agulhas. Quanto a mim, espero a curva chegar. Espero sem nenhum cansaço e quando tudo parece amarrado, desato o laço e tudo cai lindamente e com rapidez.De uma só vez.



Karla Bardanza

0 comentários:

Postar um comentário

Pode falar agora!