DESAVERGONHADAMENTE FELIZ


Fotografia de Sky-flame



A vida continua e não importa o que dói aqui dentro. Vamos arrastando os braços, as pernas, o coração, o pouco que restou da alma. Vamos andando em areia movediça sem nenhuma certeza de que vamos chegar lá mas, nem mesmos nós sabemos onde esse lá é, tampouco, se estamos no caminho certo. O importante é fazer da travessia sempre uma descoberta, um reencontro, um renascimento. O importante é crescer para dentro e ficar maior do que o teu próprio sonho. A vida pode ser ainda se a vida está viva. Morrer não é apenas estar enterrado. Morre quem anda sempre de olhos fechados, quem esqueceu a alegria no banco de trás do ônibus, quem não sabe mais quem é quando se olha no espelho porque se perdeu de si mesmo.

Ser feliz exige uma coragem danada, uma vontade que muitos já não sabem como exercer. A gente fica cansado de tentar, de buscar, de correr atrás do vento. Leva tempo para aprender que a vida ainda é a resposta quando tudo agoniza. Leva uma eternidade entender que não precisamos segurar o vento com as mãos mas, apenas sentí-lo no rosto. No entanto, temos que dar uma chance não apenas ao mundo mas, a nós mesmos. Temos que crer que apesar dos joelhos esfolados e de termos perdido nossos melhores pedaços, podemos levantar e seguir nossa trajetória. Isto não é uma visão romântica da vida. É apenas a necessidade de sobreviver a si mesmo e continuar sem escutar o não lá de fora. Dizer não é mais fácil do que dizer sim. Quando digo não, protejo-me das decepções, não dou a minha cara a tapa. Agora, o sim implica em tantos desafios porque exponho-me e nunca sabemos as consequências reais. Tudo na vida é uma questão de não ou sim. Então, vá lá e diga sim a você mesmo primeiro. Aceite suas inseguranças, erros e medos sem culpa: ninguém é perfeito. Depois, procure a tua felicidade sem se importar com o tempo. Ele é nada mais do que um conceito. E acima de tudo, não perca de vista o teu coração. Quando deixamos de sentir, deixamos de ser.

Faça-me o favor: viva pelo amor de Deus e dos Deuses e seja desavergonhadamente feliz..


Karla Bardanza






Photobucket
Copyright©KarlaBardanza2012

0 comentários:

Postar um comentário

Pode falar agora!